quarta-feira, 28 de julho de 2021

A BRASILEIRA RAYSSA LEAL É A TERCEIRA MAIS JOVEM MEDALHISTA OLIMPICA DA HISTÓRIA DOS JOGOS

Publicado por Roberto Leal As quarta-feira, 28 de julho de 2021  | Sem Comentarios

A Fadinha e sua medalhinha de Condão

A skatista Rayssa Leal fez história ao conquistar a medalha de prata nos
Jogos Olímpicos
de Tóquio, com apenas 13 anos e 7 meses de idade. Ela é a atleta brasileira mais jovem a disputar uma Olimpíada. Foi a segunda medalha do skate brasileiro em Tóquio.
Rayssa Leal, é terceira mais jovem medalhista da história dos
Jogos Olímpicos
, ela que ganhou a medalha de Prata na pista de Skate, fazendo o que mais gosta, se divertir, como disse seu pai "filha eu estou muito orgulhoso em ver você realizando o seu sonho, estamos muitos felizes por você, Deus está no controle de tudo, entra na pista e se divirta".
Rayssa que pelas suas declarações em entrevistas, tem um perfil de uma garota de fé, uma garota cristã, está sempre agradecendo a Deus por suas conquistas. Uma certa feita, ao comentar sua vitória em uma campeonato no Brasil, disse "Jesus, obrigada por me proporcionar mais esse momento, toda honra e glória a ti Senhor". E foi na conquista das provas classificatórias para as Olimpíadas, que disparou em entrevista mais essa "quero antes de mais nada agradecer a Deus, minha família".
Impressionante como quase não conseguimos informações sobre essa garotinha de 13 anos, que vem de lá do Maranhão, e que encantou o mundo, com sua graça, sua agilidade e domínio nas suas mais radicais manobras, dentro do Esporte que escolheu para se divertir, escolheu para vencer e conquistar a medalha para o Brasil. Só foi possível conseguir alguma coisa, visitando as redes sociais dos pais.
A atual vice-líder do ranking mundial, a Fadinha, como é mais conhecida, não se intimidou diante das adversárias mais experientes e deu um show no Ariake Urban Sports Park com manobras espetaculares. O que chamou atenção foi a calma e o desempenho dela, que em alguns momentos foi vista dançando relaxadamente na pista. Bastante inspirada, ela foi derrubando as rivais ao longo das baterias até conquistar o seu lugar no pódio.
Ela que é nascida na cidade de Imperatriz, no Maranhão, é um verdadeiro fenômeno do esporte. Desde 2018, com apenas 11 anos, já integra a Seleção Brasileira da modalidade e é vista como uma das melhores do mundo na categoria street, dona de um talento raro e promissor.
Fonte: ASCOM/Revista Òmnira
Foto: AcidadeON

Arquivado Em :
Sobre o autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

0 comentários:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

© 2013 Revista Òmnira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Roberto Leal by Blogger.
back to top