quarta-feira, 5 de junho de 2019

JORNALISTA TEM VIAGEM ADIADA A ANGOLA POR SOFRER AMEAÇA DE MORTE

Publicado por Roberto Leal As quarta-feira, 5 de junho de 2019  | Sem Comentarios




Revista brasileira homenageia J. Savimbi
Jornalista (DRT/BA 3992), editor e escritor brasileiro  Roberto Leal leva ao conhecimento de amigos (as), ex-alunos naquele país do Continente africano, autoridades brasileiras e angolanas, que está sendo ameaçado de morte, caso venha a entrar em território angolano com a revista de Literatura Òmnira, que homenageia o líder da UNITA-União Nacional pela Libertação Total de Angola, que teve os seus restos mortais, enterrado dignamente no sábado próximo passado, o Dr. Jonas Malheiro Savimbi.
 Através de postagens no facebook/rede sociais, vem levar ao conhecimento de todos que depois que anunciou a edição da revista de Literatura Òmnira em homenagem ao líder negro Jonas Savimbi (presidente assassinado da UNITA há exatos 17 anos - 22/02/2002) vem sendo alvo de ameaças contra a sua vida. Vários comentários anteriores lhe vieram servir como alerta e agora, aparece especificamente um perfil em nome de "Diana Russela" - ver print      https://www.facebook.com/messages/t/diana.russela, dizendo claramente que estará sendo caçado ao desembarcar em território angolano, até mesmo no inferno. Portanto o jornalista deverá estar levando essas ameaças ao conhecimento da Policia Federal no Brasil ou a Delegacia de Crimes de Internet através de queixa que formulará com os seus advogados. Como também estará adiando as suas atividades culturais provisoriamente naquele país africano, como também a viagem que faria com a revista para lançamento em momento tão oportuno da sustentação da democracia naquele país, diante da nova politica empreendida pelo então presidente Dr. João Manuel Gonçalves Lourenço, mais conhecido carinhosamente por “DLo”.
Primeira de uma série de print's
Lembra o nobre escritor que em duas oportunidades homenageou o líder negro da luta armada em Angola, o médico e poeta Dr. António Agostinho Neto, em revistas anteriores e nunca foi importunado e até foi apoiado por membros do MPLA-Movimento pela Libertação de Angola, e que se sente triste, apesar de decidido a não calar a sua voz em favor da democracia e da Cultura que envolve os dois países irmãos Angola/Brasil e que quer contar com o apoio do deputado Isaias Samakuva presidente atual da UNITA para que possa continuar com o seu trabalho naquele país.
As mensagens de apoio e solidariedade não param de chegar ao perfil do brasileiro Roberto Leal no facebook https://www.facebook.com/robertoleal13, dentre ex-alunos dos vários cursos de Formação Básica em Criação Literária, escritores, professores, poetas e curiosos dos trabalhos entre palestras, doações de livros a crianças carentes e visitação a Escolas Secundárias, Universidades e Institutos de Ensino por toda a Angola, “Sinto-me triste por estar sendo ameaçado, mas o meu trabalho não oferece ameaça a ninguém que não seja aqueles que querem me calar de maneira a ceifar meus projetos e planos de Cultura em Angola”, disse Roberto Leal. A publicação tem capa do artista plástico cabo-verdiano Moustafa Assem e a participação de poetas e escritores angolanos como: Blandine Klander, Ismael Farinha, Fonseca Manuel Panzo, dentre outros, além de poesias, pensamentos e fotos do homenageado.


Arquivado Em :
Sobre o autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

0 comentários:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-
© 2013 Revista Òmnira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Roberto Leal by Blogger.
back to top