terça-feira, 25 de setembro de 2018

PRESO POR CORRUPÇÃO FILHO DO EX-PRESIDENTE DE ANGOLA

Publicado por Roberto Leal As terça-feira, 25 de setembro de 2018  | Sem Comentarios

Esse é o Zenu filho do Zedú ex-Presidente de Angola

A Justiça angolana prendeu nesta segunda-feira (24) um dos filhos do ex-presidente de Angola José Eduardo dos Santos, o Zedú, acusado de participar de um grande esquema de desvio de recursos. Ele foi indiciado em março, José Filomeno dos Santos, mais conhecido como Zenu, ex-chefe do Fundo Soberano de Angola, é o primeiro membro da família do ex-presidente a ser detido. O processo é um dentre vários contra o antigo governo que foram abertos desde que o novo presidente, João Lourenço, o Jlo, chegou ao poder em 2017 e em 2018 ganha também a presidência do MPLA-Movimento Pela Libertação de Angola, partido da situação.

Segundo a PGR - Procuradoria Geral, o Ministério Público decidiu aplicar a prisão preventiva por conta da complexidade e da gravidade dos fatos investigados. O empresário angolano-suíço Jean-Claude Bastos de Morais, pessoa muito ligada ao filho do ex-presidente, também foi preso. José Filomeno dos Santos é processado por "fraude, desvio de fundos, tráfico de influência, lavagem de dinheiro e associação criminosa" envolvendo outras figuras públicas, incluindo o ex-governador do Banco Central, Valter Filipe da Silva.
De acordo com o Ministério das Finanças, o filho do ex-presidente é suspeito de ter cometido fraudes quando geriu o Fundo Soberano, incluindo o desvio de até US$ 1,5 bilhão com a ajuda de uma rede de cúmplices. José Filomeno também é suspeito em um caso de fraude envolvendo uma transferência de US$ 500 milhões do Banco Central para o Reino Unido. O valor foi congelado por autoridades britânicas em março, dizendo o dinheiro poderia ser devolvido a Angola, e o passaporte de José Filomeno, apreendido.

José Filomeno dos Santos foi demitido pelo atual presidente João Lourenço do Fundo Soberano, onde ocupava o cargo de chefia desde 2013. O fundo era constituído por um capital de US$ 5 bilhões provenientes de lucros gerados pelos recursos petrolíferos do país, governado por 38 anos seguidos por José Eduardo dos Santos até o ano passado.
Outra filha do ex-presidente, Isabel dos Santos é investigada desde março por supostas transações suspeitas que teriam sido supervisionadas por ela durante o seu período na liderança da Sonangol, a companhia estatal de petróleo angolana. Ela nega qualquer irregularidade durante a sua gestão e acusa o atual presidente da empresa, Carlos Saturnino — que denunciou as suspeitas sobre a sua conduta enquanto presidente da companhia a partir de uma auditoria interna — de "tentar reescrever a História".

O presidente João Lourenço vem atuando para afastar figuras poderosas associadas ao seu antecessor e combater a corrupção em Angola. Ele é um ex-governador que lutou na guerra de independência contra o domínio colonial português e na guerra civil encerrada em 2002. Eleito no ano passado, assumiu o poder em um país afundado em uma grave crise econômica, atingido principalmente pela queda do preço do petróleo, a principal fonte de receita do governo. Durante sua campanha, prometeu realizar um "milagre econômico" e combater a corrupção. Apesar da receita petroleira e das suas tantas minas de diamantes, Angola se mantém como um dos países mais pobres do mundo.


Fonte: O Globo 
Foto: Divulgação





Arquivado Em :
Sobre o autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

0 comentários:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-
© 2013 Revista Òmnira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Roberto Leal by Blogger.
back to top