segunda-feira, 4 de junho de 2018

CONTINENTE AFRICANO E SUAS NOVAS INDEPENDÊNCIAS

Publicado por Roberto Leal As segunda-feira, 4 de junho de 2018  | Sem Comentarios



Saara Ocidental mais um território árabe na África
A África é o primeiro continente do mundo e o maior em relação aos outros em números de países, considerado o berço da humanidade, onde tudo começou. O Continente Africano depende da aprovação de reconhecimento da ONU- Organização das Nações Unidas para passar a ter suas 56 nações independentes, com a inclusão de duas novas nações africanas, a Saara Ocidental (República Árabe Saarauí Democrática) e a Somalilândia, que são desmembramentos dos territórios do Marrocos e da Somália, recebem apoio de vários países dentre eles Angola e Madagascar, que foram os primeiros países a reconhecer a independência da Saara Ocidental, segundo o seu ministro dos Negócios Estrangeiros, Mohamed Salem Ould Salek "Angola tem se mostrado líder no processo da luta de libertação nacional do nosso país e atuou sempre no sentido do seu reconhecimento e o faz em todos os fóruns internacionais em que participa", disse.
Como também se confessou sentido com o que considera as "Manobras de Marrocos" que alega que o Caso Saarauí deve ser resolvido pela ONU, em entrevista a imprensa angolana durante uma recente Cimeira da União Africana, que foi realizada em Adis Adeba, capital da Etiópia. A Somalilandia está localizada na África Setentrional, tem uma população de 513.000 habitantes, sua capital é Ei Aiune, suas cidades: Dakhla e Guelmim, a sua moeda é o dirham marroquino, sua religião é mulçumanos sunitas, o idioma é o árabe marroquino e o espanhol, esse território já foi conhecido como Saara Espanhol ou ainda Rio de Oro, o país se tornou independente da Espanha em 27 de fevereiro de 1976.
Somalilândia é a paz em plena Somália

Já a República da Somalilândia, apesar de ter a sua independência proclamada em 18 de maio de 1991, ainda não é reconhecida internacionalmente e pertence oficialmente a Somália, mas possui uma economia funcional, uma moeda oficial e uma bandeira e seu governo tem sido legalmente exercido dentro desses 27 anos de autoproclamação de independência. Com raras exceções, os habitantes do país são inteiramente adeptos do Islamismo. Sua capital e sede do governo é Hargeisa e a população total em torno de 3,5 milhões de habitantes (estimativas não confiáveis por falta de Censo) faz fronteira com Etiópia e Somália, possui uma área de 137.600 km, sua moeda é o xelim somalilandês, as línguas oficiais são o somali, o inglês e o árabe. A Somalilândia está dividida em seis capitais: Baki, Hargeisa, Burao, Berbera, Erigavo e Laascaanood. Fica situado no Chifre da África.
A Somalilândia mantém uma existência estável, com o auxilio de um governo forte e com uma infraestrutura econômica proporcionada por programas de auxilio militares britânicos, russos e americanos. Em sua capital Hargeisa por ser uma região estratégica, fica instalada uma base militar dos Emirados Árabes Unidos, pais em que tem hoje relacionamento muito estreito, outrora Estados Unidos e União Soviética também quiseram edificar bases militares lá, mas, o que não foi permitido pelas autoridades somalis. A Somalilândia já foi também conhecida como "Protetorado da Somalilândia Britânica" no inicio de todo processo de independência. Uma curiosidade, tradicionalmente uma folha estimulante que atua como uma leve droga viciante é legalmente comercializada pelas ruas do país: o Khat.

Fotos: Divulgação
Texto: Roberto Leal
Fonte: Revista Òmnira


Arquivado Em :
Sobre o autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

0 comentários:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-
© 2013 Revista Òmnira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Roberto Leal by Blogger.
back to top