domingo, 24 de junho de 2018

CAMAFORRÓ FOI DO PÉ DE SERRA AO ARROCHA NESSE SÃO JOÃO

Publicado por Roberto Leal As domingo, 24 de junho de 2018  | Sem Comentarios



Pablo o rei do arrocha continua a sua trajetória
Foi sempre assim todos os dias, quando o público ainda chegava, as atrações começavam a se apresentar na pontualidade, às 22:00 horas. Nos três dias do Camaforró subiram ao palco principal, dezenas de atrações, e no terceiro e último dia o destaque foram o cantor cearense Jonas Esticado, com sua musica “Contrario”; a banda Cavalheiros do Forró, já conhecida do grande público; se apresentou ainda o cantor Adriano Reis que é uma prata da casa e Solange Almeida (ex - Aviões do Forro), que fez sua apresentação no encerramento do Camaforró, na sua 21ª Edição.
O evento que tem a realização da Prefeitura Municipal foi um imenso palco também para se exercer a cidadania, com a arrecadação de alimentos que foi o passaporte para o Espaço 2.000, um São João de muita paz, sem violência, foi uma festa sem muitas ocorrências, com o povo brincando e se divertindo de maneira a mostrar uma das festas mais populares do Nordeste, como enfatizou a delegada titular da 18ª CP de Camaçari, Drª Thais Cerqueira.
Pelo palco principal passaram durante esses três dias: o cantor Pablo; o grupo paulista Falamansa; o percursor do arrocha sergipano o “boyzinho” Devinho Novaes; o bastante criticado cantor sertanejo Luan Santana; a dupla goiana Thaeme e Tiago, e o cearense do forro pé de serra Santana “O Cantador” e muitas outras atrações que fizeram a alegria do público camaçariense, n’uma mistura de ritmos como o arrocha, o forro pé de serra e até um pouco de axé.
O Boyzinho Devinho Novaes
O rei do arrocha Pablo brindou o público com sua nova música de trabalho “Ela Ligou” e tantos outros sucessos, que já fizeram a sofrência de milhares de corações apaixonados por esse Brasil afora. O cantor que se consolidou com o arrocha encara a fusão com o São João como uma diversificação de gêneros musicais que fazem a alegria dos seus fãs. “O romantismo na verdade se adapta em qualquer ocasião, levando o romantismo por todos os lugares por onde a gente passa”, disse Pablo.
O Grupo Falamansa liderado pelo vocalista Tato Cruz, é um grupo de forró formado em 1998 na capital paulista. Com a ascensão do forró nas noites de São Paulo, foi que surgiu na cidade um movimento para atender a demanda das casas noturnas e do público adolescente, que se identificou de imediato com o ritmo contagiante do estilo musical nordestino. 20 anos depois o grupo continua fazendo sucesso com as músicas "Xote da Alegria" e "Rindo a toa" e levantando plateias com o sucesso “É pra surdo ouvir, pra cego ver, que este xote faz milagre acontecer".
Muito além do esperado foi à atração, uma revelação da música nacional Devinho Novaes, ele que tem a música que mais se toca nas rádios de todo Brasil na atualidade e foi muito assediado pelo público feminino e infantil que cantou junto as suas canções, com o dia quase amanhecendo e o galo cantando na janela, sem que as quase 60.000 pessoas arredasse o pé do grande arraiá, sem que tivesse que cantar “Coração Blindado” e outros hits.
A decepção ficou por conta do cantor sertanejo Luan Santana com a atitude de não atender aos seus fãs e nem a imprensa presente a grande festa, no seu segundo dia, encantando aquele público de cerca de 10.000 que mesmo embaixo de muita chuva esperaram para cantar os seus grandes sucessos.
A dupla sertaneja goiana Thaeme e Tiago que trouxe no seu repertório, hits antigos como “Cafajeste” e sucessos novos da sua turnê “Junto e Misturado”, como também “Onde já se viu”, fez também a alegria do público presente.       
Com o seu forró pé de serra autentico e cantando músicas como “Ana Maria”, subiu ao palco principal também, na segunda noite de atrações no São João de Camaçari, o cantor Santana “O Cantador”, os amantes do ritmo e fãs do artista cantaram suas canções e dançaram coladinhos durante toda apresentação. Santana com seus 26 anos de carreira, já estourado com sucessos como “Se Tu Quiseres”, “Mensageiro Beija Flor”, “Vontade”, “Lembrança de um Beijo”, Xote Universitário e “Ana Maria”, canções que até hoje embalam as festas juninas. “Ana Maria é um fenômeno, são mistérios que o invisível provoca... Não é a gente que escolhe a música, é a música que escolhe a gente, porque se fosse à gente que escolhesse todo mundo fazia sucesso", disse Santana com relação ao sucesso dos ‘3 do Nordeste”, gravado por ele.
Nos palcos intermediários “Carramanchão” e “Vila da Cultura” passaram diversas atrações durante todo São João, como também no Camarote da Resenha, onde desfilaram muita gente bonita, além de autoridades, personalidades e anônimos de toda região.
Fotos: Roberto Leal & Walmir Fammas
Fonte: Revista Òmnira


Arquivado Em :
Sobre o autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

0 comentários:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-
© 2013 Revista Òmnira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Roberto Leal by Blogger.
back to top