quarta-feira, 15 de março de 2017

CORTEJO POÉTICO CELEBRA 170 ANOS DE CASTRO ALVES EM SALVADOR

Publicado por Roberto Leal As quarta-feira, 15 de março de 2017  | Sem Comentarios

O poeta recitador Marcos Peralta é Castro Alves nas ruas e praças de Salvador

Com um bolo “gigante” de aproximadamente 1:70cm Movimento Poético comemorou o aniversário do poeta Castro Alves, nesta terça-feira (14), em Salvador. O XIV Cortejo Poético Dia da Poesia saiu da Praça da Piedade, às 9h, e seguiu até a Praça Casto Alves, onde, às 10h, foi cantado os parabéns e cortado o bolo pelo poeta Marcos Peralta (que esteve caracterizado de Castro Alves), o bolo tinha o tamanho que representa os 170 anos do poeta. O cortejo, que já acontece desde 2004, é organizado pela Biblioteca Prometeu Itinerante e pelo Coletivo Poesia Além das Sete Praças, com a coordenação do poeta e agitador cultural Douglas de Almeida.

Participantes estiveram caracterizados de importantes personalidades da literatura baiana: Edilson Dias, é o cordelista Cuíca de Santo Amaro, e Douglas de Almeida, o poeta Gregório de Mattos, Marcos Peralta, o poeta Castro Alves, Durante a caminhada, vários artistas estiveram caracterizados de poetas do Tropicalismo, além de artistas de outros movimentos como o Cinema Novo. Maycon Jhossys (Caetano Veloso), Ìsis Is Is (Gal Costa), Paulo David (José Carlos Capinan), Tiago Oliveira (Torquato Neto) e Mauro Júnior (Glauber Rocha). Acompanhados de estudantes da rede pública (municipal e estadual) de ensino, o cortejo seguiu pela Avenida Sete com figurantes empunhando estandartes poéticos, recitando poemas e distribuindo folhetins literários.
Este ano, o Cortejo aconteceu como uma continuidade do desfile do bloco lítero- carnavalesco O Boca de Brasa, que no carnaval, homenageou o Tropicalismo e os cinquenta anos de criação. Entre as entidades participantes: o Movimento Exploesia, da SUP – Sociedade Unificada de Professores; estudantes da Escola Municipal Cosme de Farias; da Biblioteca Comunitária Castro Alves; da Biblioteca Infanto-juvenil Betty Coelho e do Colégio Estadual Ypiranga (que tem sede em um solar onde o poeta Castro Alves faleceu a 6 de julho de 1871, no bairro 2 de Julho).

Arquivado Em :
Sobre o autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

0 comentários:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-
© 2013 Revista Òmnira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Roberto Leal by Blogger.
back to top