domingo, 16 de dezembro de 2012

Corinthians Brasileiro é Bi Campeão Mundial

Publicado por Roberto Leal As domingo, 16 de dezembro de 2012  | Sem Comentarios




Paolo Guerrero el matador peruano do Corinthians
Mesmo na terra do sol nascente Jesus mostrou que é mesmo brasileiro. Mesmo diante do gigantismo patriótico londrino do volante David Luiz, que manteve a sua pegada de origem, fazendo o seu jogo infalível, disputando aguerridamente,  atuando defensivamente como opção e às vezes até atacando de libero, com a sua disposição, com a  força física soberana dos grandes atletas, mas foi assim, mesmo assim, que aos 23 minutos do segundo tempo o Sport Club Corinthians Paulista abriu o placar em Yokohama, no Japão.
Numa troca de passes entre Jorge Henrique de cabeça, para Paulinho que armou a jogada para Danilo que por sua fez não concluiu, mas consegue um resvalo da zaga onde a bola sobe aos céus e abençoada repousa na testa aguçada do atacante Paolo Guerrero, que como serelepe matador não perdoa e marca. Corinthians 1 x0. Sem contar que o Corinthians festejou a determinação, misturada há um pouco de sorte e a sagacidade da boa partida feita pelo goleirão Cássio, que operou milagres, fazendo um jogo impecável, fazendo jus a não ser visto como um mero visitante, foram três grandes defesas só no primeiro tempo.
Depois do gol a pressão foi toda do time azul, que estava e se sentia na obrigação de buscar um outro resultado que não aquele, em favor do time brasileiro.  Os ânimos se exaltam, os nervos sacodem a flor da pele de todas as cores e raças, na sua tradicional miscigenação mundial, vivendo o seu momento de glória, onde ela, a bola, a mulher, a menina dos olhos, é o centro das atenções, na disputa pela vitória e levantamento da taça de melhor do mundo. Ramirez procura briga e desabafa, procurando justificar a derrota e aos 44 minutos Cahill é expulso por jogada violenta em Emerson Shiek, que logo em seguida é substituído por Wallace e saí aclamado pelo torcedor corintiano, carregado no couro de vozes... O Chelsea ainda perde uma oportunidade clara de gol e o convertimento dessa ação acarreta na penalidade de confirmação daquela derrota... Estava escrito.  A semana inteira ficou-se desenhando a festa do torcedor brasileiro que invadiu as ruas e as províncias do Japão. 

Os quatro minutos dentro do acréscimo que pareciam não terminar nunca. E a Fiel já cantava a plenos pulmões. E o Chelsea ainda agonizava, lutava desesperadamente pela reversão daquele quadro.  Aos 49, um lançamento para Mata e a indecisão de Cássio na saída do gol deram um susto tremendo nos torcedores do Timão, no chute para fora do espanhol, o árbitro turco Cuneyt Cakir faz o gongo soar pela última vez. E a Fiel de todas as partes, solta o “Vai, Corinthians” ecoando no Estádio de Yokohama com a celebração do bicampeonato mundial, debaixo dos braços de um bando de loucos... Parabéns ao técnico Tite e a todo elenco corintiano, que suportou bem toda a pressão, assimilando profissionalmente toda a disputa do título. Parabéns Brasil!
Roberto Leal
Jornalista

Arquivado Em :
Sobre o autor

Escreva a descrição de administração aqui ..

0 comentários:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-

-
© 2013 Revista Òmnira. Traduzido Por: Template Para Blogspot. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Blogger template. Roberto Leal by Blogger.
back to top